O Colegiado de Assistência Social da Região da Amures realizou na sexta-feira (26), em São Joaquim, a segunda reunião itinerante do grupo com participação maciça dos municípios da Serra Catarinense. Dentre os assuntos em pauta, foi discutido a composição do Núcleo de Educação Permanente do Sistema Único de Assistência Social.

A proposta do núcleo é ter adesão dos Conselhos Municipais de Assistência Social, Fórum Regional dos Trabalhadores do SUAS, instituições de ensino superior, Agência de Desenvolvimento Regional de Lages – ADR e dentre outras entidades, o Conselho Regional de Psicologia.

O evento no Centro Social do Idoso teve apresentações culturais e contou com a presença do prefeito Giovani Nunes e da deputada federal Carmen Zanotto. O evento foi coordenado pelo assistente social da Amures e Cisama, Lauro Santos. Segundo ele, o encontro serviu para discutir e alinhar ações voltadas a organização e implementação da Política Nacional de Educação Permanente do Sistema Único de Assistência Social.

“A finalidade desse núcleo é a participação e cooperação institucionalizada de um conjunto de pessoas e entidades para validar ações nas atividades e decisões relativas a implementação da política de educação permanente”, frisou Lauro Santos.

Com a deputada federal, o colegiado reivindicou apoio para a não redução do orçamento da União para a Assistência Social em 2019. “A deputada sinalizou inclusive, com a possibilidade de um micro-ônibus para promovermos o turismo da terceira idade em pequenas viagens dentro da região”, citou Lauro Santos.

A primeira reunião itinerante do colegiado aconteceu em agosto em Anita Garibaldi. A segunda foi a de São Joaquim e a próximo está sendo preparada para dezembro em Campo Belo do Sul. A proposta do colegiado é fazer os encontros descentralizados para prestigiar os municípios e tem contado inclusive com a participação de técnicos e profissionais diversos ligados à assistência social.