A polícia civil de Santa Catarina, por meio da delegacia de comarca de São Joaquim e DIC resgatou na tarde desta sexta-feira (14),  dois cachorros vítimas de maus-tratos.

Os cães estavam em estado grave de desnutrição, acorrentados, sem acesso a água ou comida. Sem proteção contra chuva ou sol.  Acompanhados do pessoal da ACAPRA, foi constatado de imediato a situação de maus-tratos.

O tutor responsável pelos animais não se encontrava em casa no momento da abordagem. Por isso não foi dada ordem de prisão em flagrante para ele.

Ressaltamos que com a vigência da lei n. 14.064 de 2020, maus-tratos contra cães e gatos configura crime com pena de reclusão de 2 a 5 anos de prisão. Sendo, portanto, crime inafiançável. Não obstante, o tutor responderá criminalmente pelos seus atos.

 

Importante destacar que o cuidado com os animais é responsabilidade de todos, inclusive da sociedade que pode e deve denunciar casos de maus-tratos contra animais. Todas as denúncias são averiguadas pela Polícia e tomadas todas decisões no aspecto criminal e administrativamente por meio de colaboradores como ACAPRA e clínicas veterinárias parceiras.

Adoção de um animal é um ato que exige responsabilidade dos tutores. O animal requer cuidados, alimentação e moradia adequados além, obviamente, do carinho.