[dropcap]U[/dropcap]ma professora foi agredida pela mãe de um aluno em um Centro de Educação Infantil de São Joaquim, na Serra catarinense. De acordo com o marido da vítima, a mãe foi buscar um dos filhos na escola e, em meio a uma discussão, bateu no rosto e puxou os cabelos da educadora.

O fato ocorreu em 10 de outubro. A Secretaria Municipal de Educação e a professora registraram boletim de ocorrência.

Segundo o secretário de Educação Fabiano Padilha, a educadora relatou que ela e a mãe dos alunos já haviam se desentendido em março deste ano. Conforme Padilha, a mulher tem dois filhos na escola e no dia das agressões buscou apenas um.

“Por volta das 18h, ao ver a mãe, a professora disse ela devia ter buscado os dois filhos, não apenas um e aí começaram as agressões. Com os tapas no rosto, os óculos da professora se quebraram “, relatou Padilha.

Para se recuperar das lesões, a professora precisou se afastar do trabalho por três dias. Os dois filhos da agressora permanecem na escola.

“Não podemos comprometer o aprendizado das crianças, precisamos respeitar o ECA [Estatuto da Criança e do Adolescente]. Elas moram na frente da escola e têm direito a estudar lá. Claro que tememos pela segurança da professora e já foi proposto a ela que, se preferir, podemos providenciar sua transferência”, explicou o secretário.

A Polícia Civil não deu informações sobre o caso e disse que só poderá comentá-lo quando as duas partes forem ouvidas, o que deve ocorrer nas próximas semanas.

Veja mais notícias do estado no G1 SC.