Na tarde do dia 21 de abril, aconteceu no Pavilhão de Remates do Parque Nacional da Maçã, em São Joaquim, a 39ª Feira do Terneiro e da Terneira, que é promovida pelo Sindicato Rural e Associação Rural de São Joaquim e tem o apoio da Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina – FAESC e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR.

Compradores de todo o Estado de Santa Catarina também estiveram presentes, além de autoridades como o Prefeito Giovani Nunes, Airton Spies, secretário de Agricultura de SC, Enori Barbieri, presidente da CIDASC, além do anfitrião, Marcos Pagani.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca,  Airton Spies, esteve presente no evento, comentando sobre a importância da feira para Santa Catarina. “Nós temos ótimas condições, somos grandes produtores, importamos 50 % da carne bovina e ainda mantemos o abastecimento no estado, o evento é muito importante e fomenta a economia no estado”  diz Spies.

Enori Barbieri, presidente da CIDASC, parabenizou os proprietários pela excelência na genética do gado e agradeceu os esforços para que a feira fosse possível. “Aqui é o município de maior número de bovinos de corte do estado, aqui é o foco de genética, de qualidade e que vai crescer muito, aqui representa o que temos de melhor em Santa Catarina”  salientou Barbieri.

Para Marcos Pagani, presidente do Sindicato Rural de São Joaquim, os produtores de São Joaquim, a cada ano que passa surpreende na qualidade, onde comercializa muito bem os animais. “A importância desse evento, é uma amostra do nosso rebanho, é fazer negócios, o produtor traz seus animais e encontra preços mais justos, isso incentiva o trabalho com a genética melhorada e fomenta a qualidade” conta Marcos.

O prefeito de São Joaquim, Giovani Nunes, esse evento impulsiona a economia, porque sai uma parcela significativa de resultados para o município. “São Joaquim já é grande destaque pela genética e qualidade do rebanho, além de ser o maior produtor de maçã, São Joaquim é o segundo maior rebanho bovino, fruto do trabalho dos pecuaristas ” frisa Giovani.

O evento com a participação dos produtores realizou leilão em benefício ao Hospital Coração de Jesus de São Joaquim e APAE, demonstrando a preocupação filantrópica dos organizadores do evento.

 Os Números

Os preços dos animais no ano de 2018 chegaram a casa de R$ 6,85, para o Terneiro macho, de R$6,13 para as fêmeas. Com esses valores, a estimativa é de ter alcance de mais de 1 milhão em vendas.

[easy_image_gallery gallery=”283″]