O último júri popular do mês de novembro terá no banco dos réus um homem que tentou matar a ex-companheira em um ônibus, em outubro de 2018. A sessão de julgamento está marcada para iniciar às 10h desta terça (26), com o sorteio dos jurados, no Salão do Júri do Fórum Nereu Ramos. Os trabalhos serão coordenados pelo juiz Geraldo Corrêa Bastos.

Denunciado pelo Ministério Público em 10 outubro do ano passado, o homem é acusado de tentativa de homicídio qualificado pelo motivo torpe, surpresa, perigo comum e feminicídio.

No dia do crime, ele embarcou no ônibus, que fazia a linha Penha/Centro, avistou a mulher e, enquanto o veículo transitava pela Avenida Presidente Vargas, a encurralou e atirou contra ela.

Os tiros atingiram a região do ombro, cotovelo e abdome. Atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), a vítima foi imediatamente encaminhada ao hospital.

Ainda, de acordo com a denúncia, ele não se conformava com o término do relacionamento e a situação se agravou quando ela encontrou outro companheiro.

Depois de tentar matar a mulher, atirou contra si. Ele permaneceu no hospital por alguns dias e está preso preventivamente.

NCI/TJSC – comarca de Lages