O Fato aconteceu em São Joaquim, na tarde desta quarta-feira (12), por volta das 17 horas, quando a PM foi acionada para atender uma ocorrência de latrocínio tentado, no bairro Madre Paulina, em uma rua projetada próximo ao forno.

 

Guarnição deslocou até o local com as informações sobre os suspeitos, porém após buscas não localizou nenhum dos agentes, em seguida deslocaram até o Hospital onde pegaram o relato da vítima. Relatou Sr. R.M.P 17 anos que caminhava na referida via com um amigo Sr. D.S.J 16 anos e que próximo ao “forno” foram abordados por um masculino que vestia roupa preta e encapuzado com uma máscara do “pânico” que anunciou o assalto utilizando um canivete, pedindo que as vítimas entregassem todos os seu pertences, R.M.P entregou seu celular e em seguida ele e o amigo reagiram ao assalto conseguindo imobilizar o autor, porém esse imobilizado gritou para outro masculino, também com vestes pretas e touca ninja , que estava portando uma arma de fogo, vindo a disparar na direção do declarante, atingindo sua perna esquerda na região pélvica.

 

Os dois suspeitos  empreenderam fuga levando o celular. O adolescente foi conduzido ao hospital onde recebeu o atendimento médico e foi liberado. Guarnição confeccionou o boletim de ocorrência e se fez presente no local a polícia civil e o conselho tutelar, os autores não foram identificados até o momento.