[dropcap]D[/dropcap]esde o início do mês de Setembro, as ligações para o Corpo de Bombeiros de São Joaquim serão direcionadas para o COBOM de Lages, onde fará o direcionamento de ocorrências no município. O Atendimento do 193 não cairá mais em São Joaquim

Vale lembrar, que essa mudança consiste em centralizar o chamado das ocorrências, gerando algumas mudanças no protocolo de atendimento e também de como era feito antes no município.

Quem precisar ligar no número de emergência dos Bombeiros (193), terá que informar os dados importantes, como nome da Rua, Bairro, ponto de referência e principalmente o tipo de ocorrência, para que o socorrista responsável desloque as viaturas até o local.

 

Integração com o SAMU

Outra mudança, foi a integração do Corpo de Bombeiros Militar e o Serviço Médico de Atendimento de Urgência (Samu), que passam a atuar de maneira integrada para realizar os atendimentos pré-hospitalares em Lages e na região da Serra.

O capitão do Corpo de Bombeiros Ivonilson Varela Duarte explica que os bombeiros e o Samu ficarão na mesma sala para atendimento das ligações, mas o procedimento será como antes. O cidadão que precisar de socorro, deve ligar para o 192  ou 193, o que muda é a logística interna.

O serviço continua 24 horas. Se ele ligar para o número 193, será atendido por um socorrista dos bombeiros. Se discar o 192, o atendimento será feito pelo Samu. Com a integração, todos os chamados para atendimentos pré-hospitalares passarão por um médico regulador, para priorizar quais pacientes devem ser atendidos pela ambulância básica ou avançada.

“O que muda a partir de agora é que a central passa a contar com a presença de um médico. Este profissional será responsável por regular os casos clínicos” disse Varela.

Quando chamar

Samu: 192

  • Dores no peito que surgem repentinamente;
  • Crises de convulsão;
  • Perda de consciência, desmaio e hemorragias;
  • Intoxicação com produtos de limpeza e envenenamento;
  • Pacientes com transtorno de comportamento (drogados, pessoas que queiram se suicidar, etc).

Bombeiros: 193

  • Socorro a vítimas de ferimentos por arma de fogo, faca, estilete canivete;
  • Acidentes de trânsito com um ou mais feridos;
  • Quedas com ferimentos e fraturas;
  • Choques elétricos graves;
  • Ataques de animais, como cães e abelhas.
  • Combate a incêndio
  • Busca
  • Resgate
  • Afogamentos
  • Salvamentos em altura

Com informações do Corpo de Bombeiros e CL MAIS