O Banco da Família, em parceria com a ONG internacional Water.org, acaba de alcançar o marco de 1 mil liberações na linha de crédito exclusiva para saneamento básico. Ao todo, foram mais de R$3 milhões em crédito destinados à construção e/ou reforma de instalações sanitárias. Através da linha intitulada “BF Saneamento”, a instituição pretende alcançar 8,5 mil liberações em quatro anos.

 

Para alcançar as metas e objetivos do projeto, que iniciou as operações em julho de 2017, o Banco da Família focou na capacitação de seus agentes de crédito, que são responsáveis por oferecer e vender os produtos da instituição. Além disso, promoveram ações de conscientização com agentes estratégicos da comunidade, como, por exemplo, na realização de uma parceria inédita entre Banco da Família e Prefeitura Municipal de Lages, onde cerca de 270 Agentes Comunitárias de Saúde participaram de uma capacitação em saneamento básico.

Atualmente, a linha de crédito intitulada “BF Saneamento” tem, em média, 80 liberações por mês, com objetivo de chegar a 120 por mês no próximo ano. “Começamos devagar, nos primeiros meses nossos esforços se concentraram em treinar toda a equipe de agentes de crédito para que pudessem identificar a carência das instalações de saneamento e água”, explica Erica Comicholi, responsável pelo projeto.

 

A linha de crédito  BF Saneamento é o resultado da primeira parceria no Brasil da ONG internacional Water.org, fundada pelo ator Matt Damon e o engenheiro Gary White, que através do projeto “Water Credit: microcrédito para o financiamento de água e saneamento” apoia soluções sustentáveis e inovadoras para a crise global de água e saneamento.

 

De acordo com dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS, 2016), 35 milhões de brasileiros ainda não tem acesso à água e mais de 100 milhões de pessoas vivem sem coleta dos esgotos – sendo que, destes, somente 44% dos esgotos são tratados. Além disso, pesquisa publicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef, na sigla em inglês), em 2017, mostrou que cerca de 4 milhões de pessoas no Brasil ainda sequer possuem um banheiro em casa.

 

Sobre o Banco da Família

Com 20 anos de atuação, o Banco da Família já concedeu mais de R$ 727 milhões em crédito, em cerca de 275 mil operações. Considerada a maior operadora de microfinanças do sul do país, no momento possui 18,5 mil clientes ativos e 147 funcionários. A instituição tem atualmente 21 unidades, que alcançam 80 municípios espalhados pelos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Segundo levantamentos da Microrate, empresa especializada em avaliação de desempenho e risco, o Banco da Família está classificado como a melhor instituição de microfinanças da América Latina e maior geradora de desenvolvimento social do Brasil.