O Poder Legislativo Lageano prestou reverências na noite desta quinta-feira (28) à equipe de bombeiros da Serra Catarinense participante da missão de resgate às vítimas da onda de rejeitos que atingiu os funcionários da mineradora Vale na cidade mineira de Brumadinho no dia 25 de janeiro. A solenidade homenageou a ação dos soldados Luciano Warth Rangel, Diego Moreira, André Figueiredo de Souza, do capitão Ivonilson Varela Duarte, e do cão Barney.

A sessão foi proposta pelo vereador Pedro Figueredo (PSD), em conjunto com os outros 15 edis de Lages. “Hoje podemos estar valorizando e incentivando a dedicação e o esforço destes heróis de todos os dias. É uma conquista para o nosso município, então deixamos aqui nossos parabéns a eles, aos seus familiares e ao comando dos bombeiros”, destacou Figueredo na ocasião.

Comandante do 5º BBM, o tenente-coronel Ariovaldo da Silva Pacheco demonstrou orgulho pelos seus comandando e gratidão pelo reconhecimento da Câmara de Lages. “É um orgulho que tenho de ser comandante de um batalhão onde temos o que toda empresa, organização, almeja ter de melhor, que é o material humano. Nossos bombeiros são muito bem preparados, treinados e podem atuar em qualquer parte do mundo. (…) E fica aqui o sinal de respeito e gratidão deste comandante pelo trabalho árduo feito aqui e pelas discussões ideológicas travadas para melhorar a vida de nós, cidadãos de Lages”, externou.

 

Operação de resgate em Brumadinho é a maior da história nacional

 

Os números atualizados até o dia 25 de março dão conta de 214 mortos, 91 pessoas desaparecidas e outras 80 desabrigadas. Produtores rurais perderam tudo que possuíam e os danos ambientais à fauna e a flora da região são incalculáveis devido ao ferro e à sílica presentes na composição dos rejeitos que atingiram o rio Paraopeba e a vegetação do local. No entanto, apesar da destruição, a tragédia motivou a maior operação de busca e salvamento interagências registrada no Brasil, com a atuação integrada de 55 órgãos públicos de 11 estados brasileiros.

As forças-tarefa do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina enviaram dezenas de soldados, oficiais e cães especializados em auxílio às buscas dos desaparecidos desde o primeiro dia do desastre, inclusive, sendo a referência internacional em Cinotecnia (busca com cães). De Lages, embarcaram o soldado Luciano Warth Rangel, com seu companheiro Barney, o cão da raça labrador especialista em ações desta modalidade, o soldado Diego Moreira, o capitão Ivonilson Varela Duarte, e de São Joaquim, o soldado André Figueiredo de Souza.

Fotos: Aline Borba (Câmara de Lages)