Fotos: BC Adriano/Bombeiros de São Joaquim

[dropcap]O [/dropcap]Corpo de Bombeiros de São Joaquim, juntamente com Bombeiros de Lages, entraram no quinto dia de buscas por Jairo Velho Valim, desaparecido desde o dia 2 de Setembro, após seu caminhão cair no rio Pelotas, divisa entre São Joaquim e Bom Jardim da Serra.

De acordo com os militares, a baixa temperatura da água dificulta que o corpo, no caso de ele estar morto, vá para superfície.

No Sábado, Bombeiros procuram em uma extensão de 16 km pelo Rio Pelotas. Linha amarela mostra os locais que os Bombeiros passaram.

Acidente

Segundo os bombeiros, a suspeita é de que o caminhão tenha passado sobre a ponte com cerca de 90 cm de alagamento, quando capotou e caiu no rio. Devido à chuva forte que atingiu a região no dia do acidente, os familiares não tiveram como comunicar os bombeiros logo após o desaparecimento. Os militares foram acionados na quarta.

Na última sexta (7), com ajuda de moradores próximos ao local e de um trator, os bombeiros viraram o caminhão, que teria sido reconhecido por familiares do homem desaparecido.

De acordo com os bombeiros, os mergulhares seguem um protocolo de buscas que orienta que a procura ocorra por cinco dias.