A guarnição do Corpo de Bombeiros de Lages e Urubici, foram acionado  por volta das 14 horas, no sábado (13), para realizar buscas e resgate de pessoas desaparecidas.   Os bombeiros da serra receberam a informação  da equipe  da Operações Aéreas do CBMSC (BOA), cuja ocorrência seria de uma suposta pessoa desaparecida, onde a solicitação deu-se através de um pedido de socorro pela ferramenta SPOT (localizador através de satélite).

A Guarnição e Urubici realizou uma busca primária na coordenada geográfica informada pelo BOA, porém nada foi encontrado. A partir desta informação inicial, foi mobilizado o serviço cinotécnico do 5ºBBM, com os dois binômios para atuar em apoio às equipes e continuar as buscas e confirmar se realmente havia alguém necessitando de resgate.

Após realizar a coleta de informações, e realizar o planejamento da busca, uma outra equipe com quatro bombeiros e dois cães deram continuidade às buscas. Durante o levantamento de informações, as equipes coletaram a informação de que provavelmente as pessoas que solicitaram socorro seriam um grupo de trilheiros (10 ao total), os quais estariam realizando uma trilha acompanhados de um guia turístico do local. Também feito contato com a família do guia turístico, verificou-se que, a princípio, o grupo iria pernoitar num local conhecido como Rancho Búfalo da Neve.

Por se tratar da última informação recebida, a equipe de bombeiros iniciou o deslocamento por volta das 20h15min do local onde era possível chegar por meio de veículos (ponto informado como “Saída” no mapa). Após percorrer cerca de 10 Km durante 3 horas, a equipe de bombeiros localizou o grupo de trilheiros. Durante seu relato, o guia turístico informou que, por volta das 10h00min, ainda no início da trilha, uma feminina de 54 anos, que estaria participando da trilha, sentiu-se mal (suspeitaram de Infarto ou Acidente Vascular Cerebral), e acionou o botão SOS da ferramenta SPOT (localizador por satélite), na coordenada geográfica informada inicialmente pelo Batalhão de Operações Aéreas, o qual recebeu a informação.

Porém, o guia turístico, pouco depois do meio-dia, após conseguirem que a suposta vítima fosse conduzida por outros meios até o recurso hospitalar, tentou cancelar o socorro/resgate pela mesma ferramenta.

De qualquer maneira, a equipe de bombeiros não hesitou em comparecer ao local onde se encontrava o grupo de trilheiros e confirmar se alguém necessitava de alguma ajuda. Após verificar que todos os presentes estavam bem, a equipe de bombeiros retornou ao ponto de partida, desmobilizando os recursos empregados.