▫️ A Casan não está medindo esforços para se preparar com antecedência, diante de uma possível estiagem que se aproxima, e que também já assolou a população joaquinense no primeiro trimestre de 2020.
Diante disso, a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento-CASAN, para amenizar os efeitos da estiagem, iniciou uma mega operação com cerca de 15 carretas, bombas de alta potência e maquinário sofisticado e irá buscar água perfurando entre 850m até 1.110m diretamente na Câmara do Aquífero Guarani.
Com um investimento de quase R$ 5 milhões, a Casan contratou empresas especializadas, com tecnologia semelhante a extração de petróleo, trazendo uma plataforma e uma sonda que conseguem chegar à tal profundidade.
“O município de São Joaquim firmou um convênio onde prevê toda a reestruturação das vias por onde passará novas adutoras da Casan. Este convênio também contempla a perfuração desse poço de mais de 4 milhões, e todo o suporte da Casan nestes próximos 34 anos no abastecimentos de água e benefícios ao município em infraestrutura e pavimentações. Estamos contentes com todo esse trabalho evolutivo que está sendo feito em prol de nossa comunidade!”, destacou o prefeito Giovani Nunes.