Obras marcam o aniversário de 120 anos do clube – Foto Wagner Urbano

O Clube Astréa, fundado em meados de 1899, vai comemorar 120 anos de fundação em 2019, com inaugurações e muita história para contar.

Um pouco da História

Em 1899, após uma apresentação da Banda Mozart na cidade de Lages, o senhor Egydio Martorano, pessoa dinâmica e incansável, veio com uma ideia de fundar um clube na então São Joaquim da Costa da Serra. Reuniram-se várias pessoas da sociedade da época e convidaram para ser o primeiro Presidente o senhor Juiz de Direito Américo Cavalcante de Barros Rabello, gesto revelador de reconhecimento e respeito pela autoridade da época.

A Primeira sede do clube era na rua Manoel Joaquim Pinto, onde hoje encontra-se a farmácia Preço Popular. Logo depois foi construída na Praça Hercílio Luz, onde sua sede social está até hoje.

O Nome Astréa, vem de mitos do Zodíaco, que está associado a deusa da justiça. “Astréia” foi a primeira denominação dada ao clube, que com o tempo e estudos feitos pelo Dr. Américo, foi retirado o “i”, ficando então Astréa.

*Informações retiradas do livro – “Clube Astréa, 100 anos de História”

Reformas da atual diretoria

Para comemorar os 120 anos, nos dia 11 de fevereiro terá uma cerimônia de inauguração das obras da sede social e comemorações do aniversário da centenária sociedade. Um selo comemorativo foi lançado pela diretoria 2017/2019, lembrando da importância do clube para a sociedade joaquinense.

As obras, o banheiro feminino foi o destaque, juntamente com uma revitalização do banheiro masculino, construção de um fraldário; construção de uma nova secretária do clube; foram trocados os pisos de acesso aos banheiros por porcelanato; pintura interior; construção de um depósito e um processo para revitalização das obras dos quadros do Martinho de Haro. Além disso, calçadas estão sendo construídas em volta do clube e da praça com recursos da Prefeitura de São Joaquim.