quinta-feira, novembro 26, 2020
Início Amures Coes Regional emite alerta de avanço exponencial da Covid-19 na Serra

Coes Regional emite alerta de avanço exponencial da Covid-19 na Serra

Assessoria Amures

O Centro de Operações de Emergência em Saúde da Serra Catarinense (Coes) emitiu na tarde desta sexta-feira (06), nota técnica para a urgente necessidade de intensificação das ações de prevenção e controle da Covid-19, aos 18 municípios da Amures. Um dos fatores que confirma o teor do documento de alerta, é o aumento expressivo na procura pelo Centro de Triagem da Covid-19 de Lages. Na quinta-feira (05), por exemplo, foram registrados 276 atendimentos em pacientes suspeitos de Coronavírus.

A demanda de atendimentos foi a maior desde início de 1° de outubro, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde. Os dados apresentados na reunião virtual indicam, um crescimento assustador de possíveis novos contaminados. Em comparação com outubro ou setembro, o mês de novembro pode terminar com a região em situação gravíssima, na Matriz de Classificação de Risco do Estado.

Só nos primeiros cinco dias desse mês, foram atendidos 873 pacientes no Centro de Triagem da Covid-19, contra 3.233 em todo mês de outubro e 2.204 em igual período em setembro. O alerta do Coes Regional destaca o crescimento exponencial do número de casos positivados nos municípios da Serra Catarinense e recomenda aos prefeitos que adotem medidas mais eficientes de contenção do avanço da doença.

“Cada município que analise sua situação referente aos casos de Covid-19, compreendendo que isto gera impacto a nível regional, sendo necessárias ações para o seu controle” descreve o alerta. O documento chama a atenção para o cenário dos últimos 15 dias, o qual demostra um notável crescimento de casos positivados, ultrapassando o indicador de Lages.

Além da Amures, o documento foi enviado ao Colegiado da Comissão Intergestora Regional – CIR. E, a presenta o cálculo do número de casos positivados x número populacional em cada um dos municípios em que é possível perceber, a magnitude da ameaça e as consequências na saúde da população dos municípios de pequeno porte.

A recomendação do Coes foi para que os municípios viabilizem ações conjuntas de distanciamento social, medidas sanitárias, além do fomento de estratégias de proteção social de amplo espectro para inibir a disseminação acelerada do vírus. Cópia do alerta foi disparada também para a presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Amures, prefeita Milena Andersen Lopes.