O Colégio São José, realizou na manhã desta sexta-feira (08), dia internacional da mulher, uma manifestação no centro de São Joaquim para conscientizar sobre abusos e violência. Os atos da Marcha defendem o fim da violência, o respeito aos direitos civis e direitos reprodutivos e sexuais.

Os alunos do Terceiro Ano da escola estavam com cartazes com frases de impacto, maquiagens que mostravam a violência e flyers com mensagens onde distribuíram para população.

Segundo a Diretora da EEB São José, Singra Couto Strickert, esse ato serve para mostrar e ensinar os alunos sobre esse assunto tão relevante. “Trabalhamos projetos dentro de todas as disciplinas, onde pedimos respeito, onde não queremos flores, e sim respeito” pontua.

De acordo com informações da segunda edição do estudo Visível e Invisível – A Vitimização de Mulheres no Brasil e do  Anuário Brasileiro de Segurança Pública, a cada nove minutos, uma mulher sofreu estupro. Além disso, diariamente, 606 casos de lesão corporal dolosa – quando é cometida intencionalmente – enquadraram-se na Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006).