[dropcap]N[/dropcap]a sessão da câmara de vereadores de São Joaquim, de quarta-feira (13), um fato chamou a atenção das pessoas que assistiam a sessão via youtube. A discussão entre o Vereador Joaquim Costa Borges, o Guga, com o Presidente da casa, Admir Nunes.

Na conversa entre eles, Guga perguntou ao Presidente o porquê o pedido de destituição contra ele não estava na pauta para apreciação e votação. “Senhor presidente, porque não está na pauta se foi protocolado em tempo hábil? Porque vossa excelência não quer? ” pergunta.

Em certo momento, os ânimos ficaram exaltados, pois na pergunta do vereador Guga, o presidente apenas disse que o pedido iria para outra reunião e fala, “Vereador, não complique a reunião”.  O Vereador Admir Nunes explicou que que não foi posto em votação porque não estava na pauta.

O Vereador Guga foi procurado e comentou a situação, explicando sua parte sobre o assunto que repercutiu.  “Como vereador no terceiro mandato, nunca vi ou vivi situação de tamanho autoritarismo, a atuação desse presidente é vergonhosa para toda a câmara, ele se quer responde a fundamentação de seus desmandos, ele não consegue ter qualquer decisão sem consultar seu compadre, eu sou eleito e tenho Direitos dentro da câmara que estão sendo violados pelo presidente” frisa.

O Presidente Admir Nunes conversou com a reportagem durante a tarde, comentando sobre a sessão acima citada. “Isso não vale a pena nem comentar, eu mantenho a regra da casa, do que está pautado no dia, e quando chegar a hora vamos falar sobre o assunto,  coisas importantes são notícias como hoje, que recebemos o Deputado Fábio onde repassou para nós mais de R$500 mil, isso sim é importante” explica Admir.

Assista o vídeo na integra:

 

Segundo o pedido, a norma está no regimento interno da casa, no Art. 30, que prevê a destituição de membro efetivo da Mesa somente poderá ocorrer quando comprovadamente desidoso, ineficiente ou quando tenha se prevalecido do cargo para fins ilícitos, dependendo de deliberação do Plenário pelo voto da maioria absoluta dos Vereadores, acolhendo a representação de qualquer Vereador.