[dropcap]O[/dropcap] ano é histórico e a edição especial. Para comemorar os trinta anos de Festa Nacional do Pinhão, evento que ocorre entre os dias 25 de maio e 3 de junho, no Parque Conta Dinheiro, em Lages, serão cerca de 40 shows nacionais e uma programação especial de resgate às origens. Mostra de que a cidade terá um de seus mais prestigiados eventos.

Em 10 dias de Festa, o visitante poderá assistir a shows com artistas que formam um dos melhores castings do Brasil, uma vez que é composto por nomes que mais atraem público e estão no topo da lista dos mais ouvidos.

Ter uma série de atividades artísticas e cultuais que trazem à tona lembranças de como o evento começou está contentando muita gente.

Outro público contemplado com a programação da Festa do Pinhão é o que gosta de música eletrônica. O evento conta com a participação de Alok e a parceria com o Moha Festival, que celebra 15 anos e traz Vintage Culture.

 Para a Gaby Produtora e GDO Produções está sendo um desafio prazeroso organizar um evento tão importante para os lageanos e atrai milhares de pessoas que vem de todas as partes do país. O diretor da Gaby, Beto Ody, fala sobre como estão os preparativos faltando um mês para festa.

Catarinas – Sobre a estrutura, como será este ano? Tem alguma mudança?

Beto – A estrutura será semelhante a que foi utilizada no ano passado. O palco continua na mesma posição. O camarote e backstage terão um pequeno aumento, tendo em vista que demanda cresceu. No backstage haverá um palco maior e sonorização compatível a apresentação das atrações nacionais neste espaço.

C– Como o evento está se preparando em relação à segurança?

Beto – A segurança é sempre uma grande preocupação nossa. Como em anos anteriores, esperamos continuar contando com o apoio da Polícia Militar e Polícia Civil. Vamos aumentar o número de seguranças devido a expectativa de aumento de público. Além disso, seremos mais rigorosos na checagem de documentação referente aos ingressos de meia entrada. No ano passado, constatamos muitas fraudes e venda de ingressos por cambistas. Nas áreas externas haverá mais controle. Essas ações irão demandar um efetivo maior.

C- A programação é uma das melhores do Brasil. O que a organização espera de público e como estão as vendas de ingressos?

Beto – A cada ano temos um grande desafio de contratar o melhor casting possível para atrair um grande público. As vendas desse ano estão dentro da expectativa. Acreditamos que o projeto Origens está entusiasmando os amantes do tradicionalismo de Lages e da região que deve lotar o parque no primeiro final de semana da festa, de 25 a 27 de maio.

C – Teremos os carrinhos para transportar o público como no ano passado?

Beto – A utilização dos carrinhos teve muita aceitação e muitas postagens dos turistas nas redes sociais elogiando a Festa. Foi uma surpresa positiva que iremos manter nessa edição.

C – Com a vinda do Alok, podemos considerar essa a primeira Festa Internacional do Pinhão? É uma tendência de internacionalização?

Beto – O brasileiro Alok é um nome que tem se destacado na cena da música eletrônica internacional. Está entre os cinco maiores DJs do mundo e será um dos destaques deste evento. Internacionalizar a festa poderá ser parte do nosso legado, uma vez que ainda temos mais um ano de realização do evento, antes da próxima licitação. Estamos sempre trabalhando para melhorar e já estamos pensando no próximo evento para fechar com chave de ouro nossos seis anos de Festa Nacional do Pinhão, completados em 2019.

C – A expetativa é de um grande número de pessoas no segundo sábado. Como a cidade deve se preparar para um dia/noite tão movimentos?

Beto – A tendência é que tenhamos lotação máxima neste final de semana. A capacidade do Parque é determinada pelo Corpo de Bombeiros. Como de costume, vamos dialogar com eles para que o público tenha possibilidade de assistir à festa com segurança. Vamos juntar forças com Policia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e nossa segurança particular para que todos possam participar desse que possivelmente será um dia para ficar na história da Festa. Quanto a preparação da cidade, acredito que Lages e a população estão preparados e tudo deverá transcorrer dentro do máximo de normalidade.

C – Por que a Festa do Pinhão é parceira do Moha Festival, evento que completa 15 anos? O que tem de especial o festival?

Beto – O Moha Festival é uma tradição para a cidade de Lages. Nós temos como prática nos unir com bons parceiros, gente que pensa com nós pensamos: qualidade de entrega, respeito ao consumidor e segurança acima de tudo. Esse será o terceiro ano da nossa parceria. Com o crescimento do backstage da Festa do Pinhão, decidimos levar o Moha Festival de volta para a mansão, onde a festa foi realizada por muitos anos. Outro aspecto positivo foi a mudança para festa para a quinta-feira, dia 31. Além do público de Lages, amantes do Moha Festival, milhares de turistas sobem para a Serra na quarta-feira, véspera do feriado de Corpus Christi. Então, pensamos em antecipar o Moha. Tudo indica que a experiência será um sucesso e, sendo assim, vamos manter para os anos seguintes.

 

C – Como avalia a programação especial do Origens?

Beto – O projeto Origens já vinha sendo pensado dentro da organização há pelo menos três anos. Nós ficamos surpresos com a atenção dada às tradições gaúchas aqui na região serrana. Desde então, começamos a programar um retorno às origens. Como temos mania de perfeição, não estávamos prontos para lançar a ideia nas edições anteriores da Festa. Decidimos que 2018 era o momento certo. Nessa edição será lançada uma semente de um evento que poderá ser tornar, no futuro, parte mais importante da Festa. Temos recebido reação muito positiva do público e imprensa local. Estamos trazendo grandes atrações para os dia 25, 26 e 27 de maio e nos esmerando para fazer uma entrega de qualidade para os tradicionalistas.

C – O que podemos antecipar sobre a festa de 2019?

Beto – A mesma dedicação que colocamos desde o primeiro evento que fizemos aqui em Lages. Seguimos no propósito de fazer da Festa do Pinhão a maior festa de Santa Catarina e do Sul do país.

 

Mais informações sobre o evento: www.festadopinhao.com

Facebook: Festa Nacional do Pinhão Oficial

Instagram: @festadopinhaooficial