Representantes dos aprovados no último concurso para o corpo de bombeiros militar de Santa Catarina fizeram uma força – tarefa esta semana, conversaram com as cúpulas da secretaria de segurança pública,  comandante geral do corpo de bombeiros e com deputado presidente da Alesc.
Diante das baixas na corporação,  reforçaram o pedido para que os 300 candidatos excedentes sejam convocados pelo governo.
A comissão continua empenhada em conseguir um diálogo com o Governador Eduardo Pinho Moreira. Mesmo com a inclusão de 300 novos soldados, o corpo de bombeiros ainda sofre com deficit de pessoal.
São 2.365 militares no estado, para atender toda a população que passa de 7 milhões de Habitantes.
“Esperamos conversar com o governador e apresentar os dados, para que ele autorize o chamamento dos 300 candidatos excedentes do cadastro reserva,  para a formação de uma segunda turma”.
Por:Luis Bendlin