Primeira noite da Festa Nacional do Pinhão que se preze tem de ser com temperaturas baixas típicas do clima frio de junho e hospitalidade e entretenimento para lageanos, visitantes de perto e turistas de longe. A identidade e essência de Lages extraídas pelos visitantes de 14 a 23 de junho na maior celebração da cultura. A estreia da 31ª edição do maior evento da Serra Catarinense e um dos maiores da culinária e de shows nacionais em Santa Catarina foi prestigiada na noite desta sexta-feira (14 de junho), pelo público em geral e por lideranças e autoridades administrativas públicas, políticas, religiosas e empresariais, cujos anfitriões foram o prefeito Antonio Ceron; o vice Juliano Polese; o superintendente da Fundação Cultural de Lages (FCL) e presidente da Comissão Central Organizadora do evento, Gilberto Ronconi; a rainha Maísa Carolina Pereira, e as princesas Victória Gabriela Corrêa Coelho e Vitória Melo dos Santos, no Parque de Exposições Conta Dinheiro. Instantes antes, na Capela Oratória Aliança do Amor, dedicada a Nossa Senhora Mãe Peregrina. o bispo Dom Guilherme Werlang abençoou mais esta edição e proferiu palavras de apoio e fraternidade aos organizadores e à plateia.

Na cerimônia de abertura, o prefeito agradeceu a todas as pessoas que tornaram real mais esta edição. “Quero externar a minha alegria em estrearmos a 31ª edição. A Festa representa uma grandiosidade para Lages e Santa Catarina. Encontrar e criar amizades, assistir a shows, provar os pratos típicos, conhecer esta cidade bicentenária e meia. Estejam todos convidados a confraternizar conosco no nosso principal evento.”

A vice-governadora, Daniela Reinehr, esteve na abertura nesta sexta-feira. “É uma Festa de colheita, hora de celebrar os frutos que a terra lhes dá e os de seus esforços. Somos um Estado de inúmeros talentos e o mundo inteiro está vendo Lages e a sua força em construir este belíssimo evento. As empresas e entidades que também contribuíram para isto estão de parabéns”, reitera a vice-governadora.

O presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), Gilberto Ronconi, convidou o público a prestigias as atrações. “A estrutura, diversidade na gastronomia, cultura e tradição deixam a Festa no ápice e cada vez mais interessante. São quase mil empregos gerados no entorno do Parque e o movimento econômico cresce. Todos ganham. Sintam-se em casa. A Festa é nossa!”, exclama.

O comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar (PM), tenente-coronel, Alfredo Nogueira dos Santos, foi o homenageado da noite pelos seus 25 anos de serviços à corporação da PM. A Festa Nacional do Pinhão é organizada pela empresa Gaby Produtora em parceria com a GDO Produções, com apoio da prefeitura de Lages através da Fundação Cultural (FCL).

Em 2019 a Festa trará novamente artistas renomados no cenário musical brasileiro, entre os quais Jorge e Mateus, Jerry SmithSkank, Ferrugem, Alok e Maria Rita. Ao longo de dez dias, entre 14 e 23 de junho, farão a alegria do público, no palco nacional, 33 artistas, entre cantores solo, duplas, bandas e grupos, e no backstage serão oito artistas, além de 24 artistas a se apresentarem no palco nativista, lugar especial de reconhecimento e respeito ao tradicionalismo campeiro e gaúcho, algumas das principais características da cultura serrana. Entrada gratuita nos dias 14, 16 (após as 18h), 17, 18 e dia 23 (até as 14h).

A paisagem muda, o bolso agradece  

Pela cidade, a economia ganha impulso. A rede hoteleira; taxis; transporte por aplicativos; salões de beleza; restaurantes; pizzarias; cafeterias; panificadoras; lanchonetes; bares; supermercados; lojas de roupas, calçados e acessórios; shopping; galerias, e postos de combustíveis oferecem produtos e serviços, aproveitando uma das melhores marés para se ganhar dinheiro em Lages. Nos hotéis-fazenda, pousadas e resorts, o charme da lareira e o prazer da vida campeira: camargo apreciado no galpão,  tosquia de ovelha, o aparte dos terneiros, cavalgada, sapecada de pinhão, passeio de charrete, pescaria, apanhar fruta no pé, pinhão assado na chapa do fogão à lenha, comida feita na panela de ferro, bons vinhos de altitude, queijo serrano, e acomodações aconchegantes. Aventura que vai para a galeria do celular e fica na memória do coração.

Os pontos turísticos rendem lucros ao seu comércio adjacente, a exemplo do centro da cidade com a Catedral Diocesana, Centro Cultural Vidal Ramos, museus, praças e monumentos; Parque Jonas Ramos (Tanque); Morro da Cruz; Parque Natural Municipal João José Theodoro da Costa Neto, com sete trilhas ecológicas e cachoeiras; lindas paisagens do alagado do Salto Caveiras, e a preciosa Coxilha Rica.

A beleza das letras nas Sapecadas que enchem os olhos de lágrimas

No dia 16 de junho será realizada a 19ª Sapecada da Serra Catarinense, com 16 canções concorrentes, e nos dias 17 e 18 de junho será a vez da 27ª Sapecada da Canção Nativa, com outras 16 músicas e mais três campeãs da Sapecada da Serra que sobem à Nacional, além da música eleita a mais popular. A Sapecada da Canção Nativa é um dos maiores festivais do gênero no Brasil.

Além de apresentações de interpretação sentimental e emocional, vocabulários campeiros da vida no campo, o amor do tradicionalista e do nativista pela araucária e pela lealdade do cavalo e da paixão pela mulher serrana, nas Sapecadas é possível ter a honra de vivenciar um verdadeiro desfile de trajes gaudérios e o exercício do respeito à tradição em forma de violão, gaita-ponto, chimarrão e o colorido e a geometria das roupas e acessórios cheios de história dos ancestrais do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, vivos nos corações até hoje.

Vai mexendo o panelão

No dia 23 de junho será o Domingo da Alegria, com preparo da maior paçoca de pinhão do mundo, com sua possível inclusão no livro dos recordes, Guiness Book, servida em uma panela gigante de ferro, vinda de Joinville, com capacidade para mais de oito toneladas. Serão utilizadas duas toneladas de pinhão em um dos pratos mais desejados da estação à base da semente mais degustada da época na região Sul do Brasil.

Serão dez mil porções para crianças e adolescentes estudantes da rede pública municipal de ensino, a serem distribuídas gratuitamente a partir das 10h.

Tudo por uma Festa tranquila com a cidade limpa e organizada, e os avisos da Rádio Pinhão

Para manter a segurança dentro e fora do Parque a Polícia Militar (PM) age diuturnamente durante dia e noite. Em pontos elevados estratégicos para observação na parte interna do Parque haverá policiais em alerta a todo momento. Câmeras de videomonitoramento auxiliarão de forma incisiva. Na parte externa, agentes da Diretoria de Trânsito (Diretran) farão o acompanhamento do tráfego de veículos e desvios de fluxo. A PM está também no Recanto do Pinhão. Tudo isto faz parte da Operação Inverno, executada em Lages, São Joaquim, Urubici, Urupema, Bom Jardim da Serra e Bom Retiro.

Haverá também uma unidade móvel da Polícia Civil, para realização de Boletins de Ocorrência (B.O.) e produção de exames e averiguações. Agentes e veículos do Corpo de Bombeiros estarão em prontidão.

Do lado de fora, servidores municipais da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente não deixam nada sujo. Varrições e recolhimento de materiais são feitos durante dia, noite e madrugada para que ao amanhecer Lages continue bonita e cause aos turistas boas impressões já na chegada.

A Rádio Pinhão é marca registrada da Festa. Caixas de som instaladas em todo o Parque propagam avisos sobre a programação do dia, culinária, cultura e do setor de “achados e perdidos” de documentos, cartões bancários, chaves e outros objetos.

Estandes dos serviços e programas da Prefeitura

Dentro do espaço do Shopinhão, onde serão comercializados artigos de vestuário de frio (casacos, jaquetas, luvas, cachecóis, toucas), alimentos e expostos veículos, a prefeitura disponibilizará a lageanos e turistas painéis de divulgação das principais atividades e programas de suas secretarias e órgãos vinculados, uma forma de levar o Município para mais perto dos cidadãos e disseminar informações, inteirando principalmente a população de Lages dos feitos aos contribuintes.

Palco Cultural e Pavilhão Cultural com artistas daqui

Um lugar agitado praticamente o tempo todo que garante diversão e mostra para todo o potencial artístico dos lageanos. Depois de acessar o Parque pelas catracas, é ali no Palco Cultural, carinhosamente chamado de Palco de Passagem, que o público passará pela frente e avistará toda a movimentação de música, dança e poesia, com o brilho especial para os alunos dos cursos gratuitos do Programa Lages Melhor, que leva arte e cultura aos bairros de Lages e da Escola de Artes Elionir Camargo Martins, além de outros talentos locais e regionais. Ao todo serão 52 apresentações.

E, após, os visitantes seguirão para as ruas do Parque onde estão os boxes de alimentos e bebidas, pavilhões e demais palcos. No Pavilhão Cultural se observa o dom de lageanos e serranos em pinturas em tela, talha em madeira, pirografia, artesanatos manuais como tricô, crochê e bordados, artigos e souvenirs tendo como matérias-primas pinhão, porungo, barba de velho, pinha de pinheiro americano (pinus), fita tusa, juta e vime, além de patchwork e trabalhos em tecido.

Receptivo do casal de Gralhas Azuis

Não dá para voltar para a cidade natal ou para casa sem uma foto com os personagens mais famosos e carismáticos da Festa Nacional do Pinhão: As Gralhas Azuis, símbolos do maior evento da Serra. Eles posam para selfies e fotos em grupo, descontraem crianças, casais e famílias inteiras. As redes sociais estarão mais extrovertidas nos próximos dez dias. Haja FacebookTwitter e Instagram e haja fama para tantos registros, postagens, curtidas, compartilhamentos e hashtags.

Pronto-Atendimento para atender emergências

Uma estrutura completa será aberta ao público dentro do Parque Conta Dinheiro, com um compacto dos serviços do Pronto-Atendimento, com médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem prontos para prestar assistência em casos de emergência e urgência. O posto médico estará localizado em ponto estratégico, na rua de acesso às catracas de entrada, à esquerda, aos fundos, próximo ao Pavilhão José Arruda Ramos.

Na parte física, estão disponibilizados leitos na sala de observação, poltronas para restabelecimento do quadro clínico, soro glicosado, cilindro de oxigênio, aparelho de eletrocardiograma, aspirador, carrinho de emergência desfibrilador, medicamentos via oral e injetáveis, curativos, aquecedores, cobertores, mantas térmicas e ambulâncias.

Em média, 20 profissionais irão trabalhar por noite, com envolvimento de 60 colaboradores no total com atuação obedecendo-se escala. São médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, maqueiros (profissionais que percorrem o Parque com assistência por macas), auxiliar administrativo, profissionais de serviços gerais, motorista, vigia, fiscais da Vigilância Sanitária (responsáveis pelas vistorias nos boxes de alimentos e bebidas).

Estarão disponíveis analgésicos (contra dor), antitérmicos (antifebril), antieméticos (alívio dos sintomas relacionados a enjoo, náusea e vômito), antiespasmódicos (dor gástrica), glicose e adrenalina, esta última em casos de paradas cardíacas. Casos de sintomas graves ou que necessitem de exames de raio-X ou outros, serão encaminhados ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres.

Peões e prendas no Recanto da Tradição

No Recanto da Tradição estarão Centros de Tradição Gaúcha (CTGs), ambiente no qual serão comercializados pratos do costume da Serra, como paçoca de pinhão, escondidinho de pinhão, pastel de paçoca, quirera com feijão, arroz carreteiro, ponche e quentão. No palco montado especialmente para receber as recitações de poesias e poemas, cantores e instrumentistas, o público poderá sentir o prazer de “saborear” a cultura e aplaudir os talentos das terras de Lages.

Um Festival de dar água na boca

O Festival Gastronômico Sabores de Lages será oferecido ao público dentro do Parque de Exposições, ao lado do Palco Nativista, em todos os dias de realização da Festa, promovido pela Câmara de Gastronomia de Lages (Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL e Associação Empresarial de Lages – Acil), com correalização do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Com identidade regional e ingredientes locais, o evento integra o calendário do Serra Catarina Festival de Inverno e pela primeira vez será levado para dentro do Parque de Exposições. Serão 14 restaurantes com o valor fixo de 30 reais. O 4º Serra Catarina Festival de Inverno acontece de 28 de junho a 31 de agosto.

Desafio na lama com os carros mais robustos

Os admiradores do desempenho dos carros na lama e em locais íngremes não perderão a 12ª Trilha do Pinhão no sábado (15 de junho). O local de inscrição e saída será a sede do Jeep Club Lages. A largada será às 8h30min na sede do Jeep Club Lages, na rua Jaci Guidalli, bairro Restinga Seca, caminho sentido bairro Tributo, trilha na ferrovia com passagem pela margem da linha férrea e retorno próximo às 14h (do primeiro carro), com chegada ao Jeep Club, para almoço.

Cavalgada em homenagem aos tropeiros

No sábado (15), será promovida a Cavalgada do Pinhão, pelo Programa Oh de Casa, do SBT Santa Catarina/Sistema Catarinense de Comunicações (SCC), organizada pela apresentadora Bia Melo. Após haverá a 5ª edição do Frescal com Pinhão. A reunião com os cavaleiros está marcada para as 7h e às 8h30min será a saída da Cavalgada, no Parque de Exposições de Lages. O desfile será cumprido em direção ao viaduto da BR-282, sentido avenida Corina Caon, com passagem pelas avenidas Presidente Vargas e Manoel Antunes Pessoa, bairro Penha. O grupo então retornará pela Presidente Vargas, seguindo pela avenida Camões, no bairro Coral, com destino ao Parque Conta Dinheiro, onde já estará em preparo um churrasco de frescal de gado e porco, acompanhado de pinhão e outras iguarias da Serra.

Laço, pealo e gineteio

A programação campeira para os amantes da lida rural se desdobrará com a 3ª Laçada Festa do Pinhão, nos dias 15 e 16 de junho (sábado e domingo), no Parque de Exposições do município de Palmeira. Serão entregues mais de R$ 20 mil em premiações aos vencedores. Todas as laçadas será no método Ficha Seca e haverá escolha do Rei e Rainha do Pinhão. A 3ª Laçada Festa do Pinhão será transmitida ao vivo pelo Canal do Laço.

Recanto do Pinhão Aracy Paim

A programação artístico-cultural do Recanto do Pinhão Aracy Paim iniciou no sábado (8 de junho) e segue até 23 de junho, último dia da Festa do Pinhão, na Praça Vidal Ramos Sênior (Praça do Terminal). Ao todo são mais de 100 apresentações. Destaque também para as apresentações dos alunos da Escola de Artes Elionir Camargo Martins, da Prefeitura de Lages (Fundação Cultural).

Alimentos à base de pinhão e bebidas quentes podem ser saboreadas nas barracas decoradas a rigor com a temática do outono e do inverno, em que são angariados fundos para a renda das seguintes entidades: Associação Serrana dos Deficientes Físicos (Asdf), Associação dos Deficientes Visuais do Planalto Serrano (Adevips), Cáritas Diocesana de Lages, Casa de Apoio às Pessoas com Câncer Maria Tereza, Associação Bom Samaritano, Lions Clube de Lages Copacabana e Sociedade de Assistência Social Educacional e de Apoio aos Desamparados de Lages (Saseadla).

Texto: Daniele Mendes de Melo

Fotos: Marcelo Pakinha