Foram quase quatro meses sem a bola rolar nos gramados. O Campeonato Catarinense, em hiato desde 15 de março devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) que atingiu o mundo inteiro, retorna nesta quarta-feira (8).

A bola voltará a rolar em Santa Catarina – Foto: FCF/divulgaçãoA bola voltará a rolar em Santa Catarina – Foto: FCF/divulgação

O público poderá matar a saudade do esporte somente de longe. As partidas acontecem sem público como forma de prevenção.

A FCF (Federação Catarinense de Futebol) divulgou uma série de medidas para que seja possível o retorno da modalidade. As determinações, conforme a entidade, foram baseadas em reuniões nos últimos meses para garantir as “melhores condições de saúde e segurança” aos envolvidos no espetáculo.

Em janeiro a equipe do nd+ montou um guia com as principais informações do campeonato: relembre.

Veja as medidas:

  • Nos vestiários será permitida a presença de até 33 profissionais, sendo 23 atletas e 10 membros da comissão técnica, devidamente credenciados pela FCF;
  • Será permitida a presença de até 10 dirigentes do clube mandante e 5 do visitante, que ficarão em camarotes ou em locais reservados exclusivamente para os mesmos de acordo com a disponibilidade do estádio;
  • Além da presença no gramado dos atletas titulares e dos componentes da equipe de arbitragem, terão acesso ao entorno do gramado o delegado do jogo, os atletas suplentes, os membros das comissões técnicas, as 6 gandulas, os 2 maqueiros, bem como o policiamento fardado, os seguranças privados e os profissionais da ambulância;
  • Fica suspensa a entrada de crianças ao gramado, bem como o perfilamento e o cumprimento entre atletas e membros da equipe de arbitragem;
  • A execução dos Hinos Nacional e do Estado de Santa Catarina, em cumprimento à Lei Estadual nº 16.078, de 31 de julho de 2013, ocorrerá antes da entrada dos atletas e dos componentes de arbitragem ao gramado;
  • Fica vetada qualquer atividade promocional no campo de jogo.

Testagens

No último boletim encaminhado pela SCClubes, 932 testes (entre os de RT-PCR, sorologia venosa e sorologia por testes rápidos), haviam sido realizados nos dez clubes do Estado e somente 14 deram positivo.

Foram testados jogadores, comissão técnicas, familiares e demais funcionários dos clubes. Quem testou positivo foi afastado preventivamente.

Regulamento

As equipes se enfrentam em partidas de ida e volta no mata-mata. Os critérios para definição dos classificados serão: número de pontos, saldo de gols e decisão por pênaltis.

Os oito primeiros colocados do turno do campeonato se enfrentam da seguinte maneira: 1º contra 8º, 2º contra 7º, 3º contra 6º e 4º contra 5º. Quem terminou a fase de classificação à frente decide os jogos de volta em casa.

Rebaixamento

Concórdia e Tubarão, 9º e 10º colocados na fase de classificação, se enfrentam em partidas de ida e volta para definir quem permanece na elite em 2021.

O confronto de ida acontece no dia 14 de julho, às 15h, no estádio Domingos Silveira Gonzalez, em Tubarão. Já a partida de volta acontece no dia 19, às 16h, no estádio Domingos Machado de Lima, em Concórdia.

Equipes participantes:

Clicando no escudo do seu time, você será redirecionado para a análise individual da equipe.

Classificação (turno):

Partidas de quartas de final:

IDA -Quarta-feira (8):

  • Criciúma x Marcílio Dias – Estádio Heriberto Hülse, às 19h
  • Chapecoense x Avaí – Arena Condá, às 20h30

Quinta-feira (9):

  • Juventus x Figueirense – Estádio João Marcatto, às 15h
  • Joinville x Brusque – Arena Joinville, às 19h

VOLTA – Domingo (12):

  • Marcílio Dias x Criciúma – Estádio Dr. Hercílio Luz, às 11h
  • Avaí x Chapecoense – Estádio da Ressacada, às 16h
  • Figueirense x Juventus – Estádio Orlando Scarpelli, às 18h30
  • Brusque x Joinville – Estádio Augusto Bauer, às 21h

Luta contra o rebaixamento:

IDA – Terça-feira (14):

  • Tubarão x Concórdia – Estádio Domingos Silveira Gonzalez, às 15h

VOLTA – Domingo (19):

  • Concórdia x Tubarão – Estádio Domingos Machado de Lima, às 16h

Artilheiros:

  • Edu (Brusque) – 6 gols
  • Carlos César (Criciúma) – 4 gols
  • Luquinhas (Joinville) – 4 gols
  • Jonathan (Avaí) – 3 gols
  • Léo Itaperuna (Concórdia) – 3 gols