Joaquinense Rafael Seifert entre os músicos participantes do evento

[dropcap]P[/dropcap]ara quem tem uma paixão, nem mesmo as adversidades o fazem desistir. E foi isso que se viu na tarde do último domingo (18), durante a 7ª edição da Orquestra de Baterias de Florianópolis. De crianças a adultos, de profissionais a amadores, os participantes entraram no clima e fizeram mais uma vez história, quebrando o próprio recorde de participantes, já que em 2018 foram 482 e nesta edição 590 bateristas.

De crianças a adultos, de profissionais a amadores, os participantes entraram no clima | Foto Divulgação

Ao longo de três horas de evento, os bateristas executaram, sob o comando dos regentes e da banda oficial clássicos do rock como Smoke on The Water (Deep Purple), Rock and Roll All nNite (Kiss) e Come Togheter (The Beatles) e It’s my life (Bon Jovi), em versões especiais com as centenas de baterias tocando juntas.

“Muito mais do que quebra de recordes, nosso objetivo proporcionar um momento de integração entre os bateristas, de diversão para o público, mas sobretudo ocupar espaços da cidade com cultura e de forma gratuita”, destaca Paula Borges, do Instituto Maratona Cultural.

Nem mesmo a chuva e as baixas temperaturas afastaram os músicos | Foto Divulgação

De acordo com o músico e um dos organizadores do evento, Rafael Bastos “a chuva fez com que o evento se tornasse épico e com certeza vai marcar a vida dos 590 bateristas que não largaram as baquetas para provar que a Orquestra de Baterias de Florianópolis é incrível e importante para todos os bateristas do Brasil”, destaca.

O projeto, que teve início em 2013, tem como proposta reunir o maior número possível de bateristas, sejam eles profissionais ou amadores, para juntos executarem clássicos da música nacional e internacional.

Evento deste ano foi realizado na Passarela do Samba Nego Quirido | Foto Divulgação

A 7ª Orquestra de Baterias de Florianópolis é uma realização do Instituto Maratona Cultural, com apoio cultural da Lojas Koerich, Floripa Shopping, Kairós Cervejaria, DaMagrinha, Engie, Odery Drums, C Ibanez e Zildjian; patrocínio da Prefeitura Municipal de Florianópolis, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

 

Fonte: OCP News