São Joaquim registrou o aparecimento de macacos Bugio mortos na região, nas localidades de Chapada Bonita, Arvoredo e São João. Os macacos não transmitem febre amarela ao homem, mas o aparecimento dos animais mortos acende o alerta de perigo à população.

“Pedimos à população que caso vejam esses animais com um comportamento estranho ou o animal morto, dentro do seu terreno  que comuniquem Vigilância Epidemiológica o nosso número 49 3233.2375”, destaca a Coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Fernanda Copelli.

“Não toquem no animal, nem enterre-o, evite que crianças e outros animais se aproximem, acione imediatamente a vigilância epidemiológica que fará uma visita no local para coletar o material e enviar para análises e descobrir a causa da morte dos macacos”, relata a Coordenadora de Zoonoses, Graziéla Costa.

Quando estão doentes, a maioria dos macacos apresenta comportamento lento, costuma descer das árvores, ficam perambulando pelo chão, tem dificuldades para se alimentar e morre em poucos dias.

Quando o animal é encontrado morto em determinada região, a equipe da saúde realiza o bloqueio vacinal em um raio de 300 mt do local. Para a comunidade que não se vacinou contra a Febre Amarela pode procurar o posto de saúde, são vacinadas crianças de 9 meses a idosos de 59 anos.