Os parques nacionais Aparados da Serra e da Serra Geral, situados em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, onde estão os canyons Itaimbezinho, Malacara e Fortaleza, serão concedidos à iniciativa privada. Essa privatização de gestão será referência para mais 20 parques naturais no Brasil.

O anúncio da concessão foi feito em evento quinta-feira à noite em Cambará do Sul, na serra gaúcha, pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, com as presenças do secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável de SC, Lucas Esmeraldino, o governador do RS Eduardo Leite, o presidente do IMA-SC, Venancio Valdez, prefeitos catarinenses e gaúchos, além de parlamentares.

Segundo o ministro, o edital para privatização será lançado até outubro.

— Fiquei muito impressionado com as belezas naturais dos parques. Existe um grande potencial a ser explorado — disse Salles ao destacar que a intenção do governo é que o setor privado desenvolva o ecoturismo no Brasil.

O turismo de aventura, que pode atrair visitantes do país e exterior o ano inteiro, é praticamente inexplorado no país. Uma avaliação do U.S. News & World Report de 2015 concluiu que o Brasil é o melhor país do mundo para o turismo de aventura entre 60 países. Isso porque além das belezas exuberantes e diferenciadas, o clima é favorável.

Por Estela Benetti/NSC TOTAL