[dropcap]O[/dropcap]s vereadores de São Joaquim, na Serra Catarinense,  apresentaram na sessão ordinária desta segunda-feira (02), uma Moção de repúdio em desfavor do Senhor Luiz Inácio Lula da Silva, podendo torná-lo uma “Persona Non Grata” (Persona non grata, é uma expressão latina, cujo significado literal é “pessoa não agradável”, “não querida” ou “não bem-vinda” – Wikipédia), ao município de São Joaquim.

Como justificativa, os autores da Moção, relataram que Lula foi Presidente da República e  foi condenado pela justiça por atos ilícitos contra a nação, sendo considerado  pessoa não agradável para o munícipio.

Deliberaram por aceitar a moção seis vereadores: Admir Nunes (PMDB), Guinho Biolo (PMDB), Guga (PDT), Luiz Carlos (PSD), Roni (PSD) e Clodoaldo Costa (PPS). O Presidente Serginho (PMDB) embora não votasse, se fez a favor da Moção contra Lula.

Votaram contra o Vereador Ilton Carvalho (PT), esse por ser do partido de Lula e grande defensor do político e o Vereador Dalton (PP).

A Moção foi votada implicitamente na sessão desta segunda, o documento será expedido na terça-feira. Na próxima semana será votado simbolicamente, visto que a Moção já foi aprovada por 7 a 2.

Vale lembrar que o STF irá votar o Habeas Corpus contra Lula no dia 4 de Abril.