O hábito de fumar antes disseminado como ato de prazer, tornou-se questão de Saúde Pública. Apesar de serem amplamente conhecidos os prejuízos do fumo à saúde, o mesmo persiste como uma das principais causas evitáveis de morte no mundo.

O NASF (Núcleo de Apoio a saúde da família) de São Joaquim realiza encontros semanais com o intuito de reduzir a prevalência de fumantes e a morbimortalidade das doenças tabaco relacionadas, pautado em diversas estratégias, como a promoção e apoio à cessação de fumar.

O trabalho tem como objetivo elaborar um plano de ação para prevenção e redução da prevalência de fumantes e a consequente morbimortalidade relacionada ao consumo de derivados do tabaco na população assistida pela equipe do NASF.

Em São Joaquim, já aconteceram vários encontros, a cada encontro é abordado um tema diferente. Na tarde de segunda-feira (19), foi realizado o encerramento do primeiro grupo antitabagismo, onde 60% das pessoas que participaram pararam de fumar e as outras 40% tiveram uma redução significativa.

Para quem tem interesse em participar pode se dirigir até sua unidade de saúde e dar o nome para as agentes.

Por Assessoria de Comunicação 
Prefeitura Municipal de São Joaquim