A guarnição da polícia militar, em rondas pelo centro da cidade, deparou-se com a guarnição do ASU do Corpo de Bombeiros atendendo um frentista do posto San Rafael, segundo os funcionários do posto e populares, no local um veículo Fiat Uno de placas MAT-4451 teria invadido o pátio do posto e atingido uma bomba de combustível e o frentista, que após o fato o condutor do veículo se evadiu do local sem prestar socorro à vítima, que teve lesões leves na cabeça e na mão.

Diante das informações recebidas pelas testemunhas, a guarnição saiu em buscas do autor, quando na rua Horácio Dutra no bairro São José a guarnição abordou o Fiat Uno com dois masculinos sendo o Condutor G.S.L e o passageiro C. E.da R. R.

Ao questionar os masculinos sobre a acidente ocorrido no posto, um deles confessou ser o condutor do veículo no momento do acidente. Que teria ingerido bebida alcoólica momentos antes de conduzir o veículo e relatou que não prestou socorro à vítima por ter ficado com medo de ser preso.

Segundo  G.S.L, que  estava conduzindo o veículo no momento da abordagem por ser menor de idade não possuía carteira nacional de habilitação e relatou também ter ingerido bebida alcoólica antes dirigir. Ambos os masculinos apresentavam sinais de embriaguez como olhos vermelhos, fala arrastada e forte odor etílico, diante dos fatos a guarnição deu voz de prisão aos masculinos e os conduziu até a delegacia de polícia civil para os procedimentos cabíveis.