Através de denúncia, o Setor de Investigação Criminal – SIC da Delegacia da Comarca de São Joaquim apreendeu dois cachorros que eram vítimas de maus-tratos.

Um animal estava trancado em uma garagem e o outro preso a uma corrente, ambos sem comida, água e em situação degradante.

Através do auxílio da ONG ACAPRA, os animais passaram pelo atendimento de uma veterinária e serão encaminhados para o canil da cidade, onde receberão alimentação e atendimento adequado.

O tutor irá responder pelo crime de maus-tratos.

Caso você presencie maus-tratos a animais de quaisquer espécies, sejam domésticos, domesticados, silvestres ou exóticos – como abandono, envenenamento, presos constantemente em correntes ou cordas muito curtas, manutenção em lugar anti-higiênico, mutilação, presos em espaço incompatível ao porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação, utilização em shows que possam lhes causar lesão, pânico ou estresse, agressão física, exposição a esforço excessivo e animais debilitados (tração), rinhas, etc –, vá à delegacia de polícia mais próxima para lavrar o Boletim de Ocorrência (BO).