[dropcap]O[/dropcap] executivo municipal, através da secretaria de assistência social, adquiriu violões para o CRAS (Centro de referência de assistência social), com o intuito de realizar oficinas de música para jovens e adolescentes.

Além de toda a assistência da equipe, existem aulas de artesanato e música no CRAS, que ficou ainda mais forte depois da entrega dos instrumentos. Ao todo, nessa etapa, foram dez violões, encordoamento e afinadores, todos destinados para aulas de música no local.

“Juntamente com a equipe da assistência social, fizemos a entrega de violões para que jovens e adolescentes para que tenham oficinas de música, juntamente com artesanato, despertando interesse a cultura e novos talentos, quero parabenizar toda equipe pela dedicação ao CRAS” comenta o Prefeito Giovani Nunes.

A secretaria de assistência social Marilda dos Santos, ressalta a importância dessas ações no desenvolvimento de jovens e adolescentes.

“Nós viemos fomentando os vínculos no CRAS, para atender da melhor forma possível nossos cidadãos, nesse caso, os jovens e adolescentes que frequentam o CRAS, compramos dez violões, talvez em um futuro próximo vamos comprar mais instrumentos para nossos jovens” frisa Marilda.

O que é o CRAS

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) é a porta de entrada da Assistência Social. É um local público, localizado prioritariamente em áreas de maior vulnerabilidade social, onde são oferecidos os serviços de Assistência Social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade.

A partir do adequado conhecimento do território, o Cras promove a organização e articulação das unidades da rede socioassistencial e de outras políticas. Assim, possibilita o acesso da população aos serviços, benefícios e projetos de assistência social, se tornando uma referência para a população local e para os serviços setoriais.

Conhecendo o território, a equipe do Cras pode apoiar ações comunitárias, por meio de palestras, campanhas e eventos, atuando junto à comunidade na construção de soluções para o enfrentamento de problemas comuns, como falta de acessibilidade, violência no bairro, trabalho infantil, falta de transporte, baixa qualidade na oferta de serviços, ausência de espaços de lazer, cultural, entre outros.