Aconteceu na tarde de terça-feira (02), no gabinete do Prefeito de São Joaquim, Giovani Nunes, uma importante reunião com as forças de segurança do município, assistência social e defesa civil municipal, com a pauta sobre o frio intenso que vai chegar a região durante a semana.
Durante a reunião, foram debatidas formas de atenção as famílias de vulnerabilidade, também do fluxo de pessoas que vão estar na cidade durante o final de semana, principalmente aquelas que não tem onde ficar ou se abrigar.
Ainda durante a semana, provavelmente na quinta-feira, será realizada uma nova reunião para atualização de dados e verificação dos pontos a serem trabalhados. A Defesa Civil alerta que a onda de frio intenso pode causar prejuízos na agricultura, congelamento de canos e rodovias, por isso um cuidado especial muita atenção nessas áreas.
Previsão: Declínio acentuado de temperatura a partir da tarde de quarta-feira (03) e frio intenso no período entre quinta-feira (04) e domingo (07), com condições para formação de geada e gelo na pista, devido a entrada e atuação de uma massa de ar polar.

RECOMENDAÇÕES DA DEFESA CIVIL SC


Frio intenso: atenção com população mais vulnerável, como enfermos, moradores de rua, idosos e crianças. Além disso, abrigar animais domésticos nas noites mais frias. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, em virtude das doenças causadas pelo frio (gripe, resfriados, pneumonia, meningite) é essencial tomar medidas simples como manter-se bem agasalhado, beber bastante água e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além da higiene freqüente das mãos. Essas medidas são de grande valia na prevenção destas doenças, ressaltando que crianças e pessoas idosas são mais suscetíveis às doenças agravadas pelo frio e devem estar mais atentas.
Geada: agricultores deverão tomar medidas preventivas.
Gelo na pista: cuidado ao trafegar em rodovias nas áreas serranas, evite acelerar e desacelerar bruscamente, mantenha uma distância segura do carro a sua frente e tente antecipar a necessidade de parar o carro para evitar usar os freios.
Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou Corpo de Bombeiros 193.