Vista Aérea de propriedades em São Joaquim

O IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, divulgou nesta terça feira, 19, o censo agropecuário realizado ano passado, que levantou em todo o Brasil, o número de propriedades rurais, classificado pelo instituto como estabelecimentos agropecuários. O país possui mais de 5 milhões de propriedades. Na serra catarinense foram contabilizados pelo censo 15.960 estabelecimentos agropecuários.

São Joaquim é o município da região que mais possui propriedades, alcançando 2.360 e na segunda posição São José do Cerrito 2.063. Lages está na terceira colocação com 1.343.

Em manifestação, o Prefeito de São Joaquim, Giovani Nunes, comenta sobre a importância e força para a economia da cidade. “São Joaquim mostra sua força no empreendedorismo no agronegócio, e nós da administração estamos fazendo nossa parte em manter as estradas do interior para ajudar São Joaquim” evidencia o Prefeito.

O IBGE define como propriedade rural toda unidade de produção ou exploração dedicada a atividades agropecuárias, florestais e aquícolas. (áreas mapeadas pelo Ministério da Pesca).

Estão disponibilizadas informações como logradouros, CEP, pontos de referência, latitude e longitude. Além da listagem dos estabelecimentos, no formato csv (texto), o IBGE disponibilizou o mapeamento em formato kml, que permite visualizar as localidades espacialmente no Google Earth.

Confira o número de propriedades de cada município da Amures:

 

Anita Garibaldi 1.343

Bocaina do Sul 607

Bom Jardim da Serra 669

Bom Retiro 750

Campo Belo do Sul 1.040

Capão Alto 710

Cerro Negro 791

Correia Pinto 884

Lages 1.389

Otacílio Costa 508

Painel 631

Palmeira 520

Ponte Alta 409

Rio Rufino 306

São Joaquim 2.360

São José do Cerrito 2.063

Urubici 658

Urupema 322

 

Fonte: IBGE