Santa Catarina irá receber 262.350 novas doses da vacina contra a Covid-19 com chegada prevista para este sábado (1º), mas sem horário definido, até o momento.

Pessoa retirando dose de vacina contra a Covid-19 do frascoSC receberá mais de 260 mil doses da vacina contra a Covid-19- Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/ND

Segundo o documento enviado pelo Ministério da Saúde, são 232.750 doses produzidas pela Fiocurz (Fundação Oswaldo Cruz) e outras 29.600 do Instituto Butantan.

O Ministério da Saúde indica que os imunizantes fabricados pela Fiocruz sejam usados para aplicar a primeira dose em 74.123 pessoas entre 60 e 64 anos.

Assim como 135.425 pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência permanente. A expectativa é vacinar 209.548 catarinenses com os imunizantes da Fiocruz.

Já as doses fabricadas pelo Butatan serão 4.450 para aplicar o reforço vacinal em trabalhadores da saúde. Assim como outras 1.254 em profissionais das forças de segurança e salvamento e armadas. As outras 1.473 serão para aplicar a primeira dose em outros profissionais das forças de segurança e salvamento e armadas.

Finalizando, 19.445 foram enviadas para “ajuste denominador” da Campanha Nacional de Vacinação. Segundo o superintendente do Ministério da Saúde em Santa Catarina, Rogerio Ribeiro, as doses vem de uma reserva da Pasta que será usada para atender o estado

“É um ‘extra’ que veio através do esforço entre o Governo do Estado em conversa com o Governo Federal para atender a população catarinense”, complementou o superintendente do Ministério da Saúde.

Vacinação em Santa Catarina

Na última quinta-feira (29) um lote com mais de 218 mil doses de vacinas contra a Covid-19 desembarcou em Florianópolis.

Segundo o balanço parcial de vacinação divulgado nesta sexta-feira (30), Santa Catarina recebeu 2.050.190 imunizantes desde o início da etapa de vacinação. No entanto, 1.648.406 foram aplicadas, sendo 1.061.656 como primeira dose e outras 586.750 como reforço vacinal.

Até o momento, trabalhadores da saúde, pessoas idosas em ILPI (Instituto de Longa permanência para Idosos), indígenas, pessoas entre 60 ou mais, população quilombola e membros das forças de segurança e salvamento e armadas estão sendo vacinados.

Veja os detalhes da vacinação por grupo prioritário

Tabela com detalhes da vacinação em Santa Catarina