Mesmo depois da campanha de vacinação que aconteceu em São Joaquim, em meados de Abril e Maio, muitas pessoas não conseguiram se imunizar por perderam os prazos exigidos pela DIVE. Após a confirmação de casos em São Joaquim, da H1N1, a secretaria de saúde pediu doses extras da vacina, que foram disponibilizadas em São Joaquim.

Nesta terça-feira (23), à partir das 13h, a Secretaria Municipal de Saúde inicia a vacinação complementar. Todas as pessoas que ainda não se vacinaram contra a H1N1, terão a oportunidade agora. A vacinação é gratuita, mas é obrigatório apresentar a carteira do SUS e será aplicada até sexta-feira.

Juntamente com a Regional e o Governo do Estado, a Secretaria de Saúde conseguiu mil doses da vacina. Caso a demanda seja maior, outras doses serão pedidas para as vacinas.

O Prefeito Municipal Giovani Nunes e a Secretaria Municipal de Saúde, Terezinha Godoy, foram aos meios de comunicação anunciar o ato. “Pedimos para que a população não entre em pânico. Lembramos que não foi só aqui que atingimos o limite de aplicação. Foi uma campanha Nacional, onde foram distribuídas aplicações de acordo com estatísticas do Município.  Pensamos no bem da saúde pública e conseguimos doses complementares”, salienta do Prefeito.

A Secretária de Saúde, informa que quem já fez a vacinação, não precisa fazer novamente quem já aplicou a vacinação está imune. “Atendendo aos anseios da população, conseguimos essas doses complementares para prevenção. Mas, assim como disse o Prefeito, não é preciso a população entra em pânico”, concluiu a Secretária.

 Confira os locais e os horários:

Para crianças de 6 meses a 6 anos de idade e gestantes:

Local: Unidade Central – Posto de Saúde

Horário: 13h às 16:30

Para adultos –

Local: Ala do antigo Hospital (anexo ao Bento Cavalheiro)

Horário: 13h às 16:30

Horário extra para todos aqueles que trabalham:

Local:  Ala do antigo Hospital (anexo ao Bento Cavalheiro)

Horário: 17h às 21h