Em virtude da situação crítica no atendimento hospitalar em Lages, devido a grande demanda para pacientes com Covid-19, os secretários municipais de saúde viabilizaram no último sábado (06), equipes com ambulância, técnicos e enfermeiros em regime de escala para auxiliar a demanda do município polo.

A diretora executiva do Consórcio Intermunicipal de Saúde – CIS, Beatriz Rodrigues Bleyer, afirmou que assim que convocada a reunião, os secretários colocaram equipes a disposição e prepararam uma escala que pudesse ter atendimento reforçado nos dias subsequentes. “Foi uma experiência muito boa, que deu certo. Em pouco tempo de reunião, conseguimos fazer alinhamentos e organizar o atendimento junto ao serviço hospitalar de Lages”.

Os profissionais de Campo Belo do Sul que chegaram em Lages, na primeira escala, relataram que no início da pandemia era rotina o atendimento à pacientes com idade avançada ou comorbidades e que agora, são pessoas mais jovens, principalmente abaixo dos 30 anos, necessitando de atendimento de urgência e correndo risco de vida.
Os atendimentos seguem em regime de escala, mas toda a equipe médica pede que os cidadãos sejam conscientes, adotem medidas de prevenção para assim evitar a disseminação do Coronavírus.