Os dados são oficiais do Ministério do Trabalho e se referem somente às carteiras assinadas (CTPS). Naquela matemática de demissões e admissões, comuns nos diversos setores da economia da Serra Catarinense, os dados divulgados são de janeiro a novembro. Os números deste mês e o balanço geral do ano devem chegar depois de 20 de janeiro.

PORÉM

Pela tendência e levando em consideração os dados das nove menores economias da Serra Catarinense que não estão no gráfico abaixo, os 18 municípios da Amures devem fechar este ano gerando mais de 3 mil empregos, considerando a matemática de desligamentos e contratações.

Os dados oficiais são do Ministério do trabalho e o somatório de 2.765 vagas geradas na Serra Catarinense se referem aos municípios inclusos no gráfico e outros nove de menor movimentação econômica da região.

Fonte: Blog Edson Varela