Os colégios catarinenses deverão adequar o cardápio da merenda escolar às características regionais. A lei proposta pelo deputado Gabriel Ribeiro, com base numa sugestão dos alunos de São Joaquim, foi sancionada pelo governador Carlos Moisés.

Durante o Parlamento Jovem de 2016, estudantes da Escola de Educação Básica São José relataram que recebiam iogurte gelado durante o rigoroso inverno joaquinense. Em seguida, eles deram mais detalhes ao deputado Gabriel Ribeiro, que encampou a ideia, de adequar os alimentos às características específicas das regiões de Santa Catarina.

Além de receberem iogurte gelado no inverno, os alunos de São Joaquim relataram que recebiam sopa quente no verão. Na reunião com o parlamentar, eles disseram que há um elevado percentual de colegas que residem na área rural do município e que precisam se deslocar de madrugada para a escola e, em dias gelados, deveriam receber alimentos quentes.