A simplicidade e os princípios humanistas do ex-presidente uruguaio Pepe Mujica foram algumas das inspirações para o single “Caçador de Níquel”, da banda TerrAvista. O grupo é formado pelo vocalista Ubiratan Matos, o guitarrista Micael Graciki, o baixista Sete Bass, o tecladista Anderson Gandin e o baterista Rafael Vieira.

A letra do single reflete a sensação da inutilidade da busca incessável por dinheiro, ou, na metáfora referente as populares máquinas de cassino. A ideia vai ao encontro dos princípios do grupo, que acredita que essa busca não leva as pessoas necessariamente ao encontro da verdadeira felicidade e do equilíbrio na vida. “A inspiração para a letra veio do conceito que temos na banda de que o mais importante na vida é compartilhar. Somos contra a ganância por dinheiro e poder, que é muito presente na sociedade atualmente”, afirma Micael Graciki.

Com cenas que causam impacto no público, que remetem a catástrofes que a sociedade vivenciou nos últimos tempos – dentre elas, o recente caso de Brumadinho – Caçador de Níquel pretende provocar uma reflexão sobre o colapso provocado pela felicidade baseada no consumo desenfreado.
“O vídeo tem uma captação de imagens criteriosa. Em sua execução foram utilizadas técnicas semelhantes as utilizadas nos “Acústicos MTV” dos anos 2000. As tomadas foram clássicas, com movimentos de câmera e cortes sincronizados em relação à letra”, afirma o diretor Fabio Cabral.

O CD foi produzido por William Magalhães, um dos maiores do ramo no Brasil. Líder da banda Black Rio, Magalhães já atuou com nomes de peso do cenário brasileiro, como Marina Lima, Paulo Ricardo, Gilberto Gil, Gal Costa, Caetano Veloso, Ed Motta e Daniela Mercury. Já o clipe tem a direção de Fábio Cabral, publicitário com premiações no Festival de Recife, no Festival de Cinema Publicitário de Nova York e até em Cannes.

FICHA TÉCNICA
Música: Caçador de Níquel
Composição: Micael Graciki

Intérprete: TerrAvista / Produção Musical, Arranjos e Mixagem: William Magalhães / Masterização: Classic Master/ Iluminação: Flávio Andrade / Direção de Vídeo: Fabio Cabral / Maquinaria: Marcos Macambyra / Câmeras: Anderson Dresch e Vitor Sussa / Edição: Zol Israel / Produção do videoclipe: Rafael Vieira e Fabio Cabral / Assistente de Produção: Jaqueline Würz / Palco e estrutura: Muito Mais Som E Luz / Produção Executiva: Terravista

Download gratuito em: www.bandaterravista.com.br/musica

+ TerrAvista:
www.facebook.com/bandaterravista
www.instagram.com/bandaterravista
www.twitter.com/bandaterravista

LETRA:
Nosso vizinho Pepe me chamou no muro
Para hablar un poco de la revolucion
Que ter o que comer é o melhor futuro
E que o poder revela quem as pessoas são
O nosso amigo Pepe me encontrou na estrada
E quis trocar ideias por um certo momento
De como o homem aprendeu pouco ou nada
Trocando as selvas por selvas de cimento
Não preciso me apegar a pedaços de papel
Onças e peixes desenhados com a tinta do suor das mãos
Nem um caçador de níquel
A vida inteira caçando e no fim nem levar pro chão
Quem diria Pepe ainda paciente
Falando pra gente algumas verdades
Que ter pouca bagagem é o suficiente
Para que não roubem a nossa liberdade
Não preciso me apegar a pedaços de papel
Onças e peixes desenhados com a tinta do suor das mãos
Nem um caçador de níquel
A vida inteira caçando e no fim nem levar pro chão.

Link YouTube: ouça e compartilhe.