A XXI Festa Nacional da Maçã entrou para história de São Joaquim como uma das maiores de todos os tempos. Nessa edição, o parque Geraldo José Coral, conhecido como parque Nacional da Maçã recebeu um público recorde, só no domingo foram mais de 23 mil pessoas. Em quatro dias do evento mais de 50 mil pessoas prestigiaram as atrações oferecidas durante a festa.

Destaque também para a exposição da Mostra Joaquinense de Vinhos Finos de Altitude, o Concurso Nacional da Qualidade da Maçã e o Concurso Regional da Qualidade do Queijo Artesanal Serrano, além de exposições de gado, cavalos, ovelhas e novilhos.

O Prefeito Giovani Nunes, que teve esse desafio de realizar o evento no ano em que São Joaquim foi reconhecida como a Capital Nacional da Maçã, agradeceu o povo joaquinense que acreditou no evento. “Obrigado aos Mais de 50 Mil joaquinenses e visitantes que estiveram na XXI FESTA NACIONAL DA MAÇÃ, realmente uma emoção muito grande sentir a união de todos com tanta energia positiva, gratidão por todas as empresas, cooperativas, associações, clube de serviços, artesãos, CTG/Piquetes, produtores rurais e Fruticultores que apostaram em mostrarmos o quanto São Joaquim é Forte, agradecer toda imprensa pelo apoio e divulgação, agradecer Câmara Municipal de Vereadores, Agradecer a Polícia Militar, Polícia Cívil, Corpo de Bombeiros e equipe de plantão saúde, Casan e Celesc, agradecer nossos funcionários municipais pelo ótimo trabalho, antes, durante e pós festa” destaca o Prefeito.

A CCO da XXI Festa Nacional da Maçã foi crucial para o ótimo desenvolvimento do evento. “Agradecer a todos da Comissão organizadora CCO em nome do presidente Fabiano Padilha pela dedicação, trabalho e comprometimento, pois tudo foi pensado para tentar fazer o melhor, embora alguns ajustes e falhas é inevitável e difícil corrigir durante o evento e pedimos desculpas por aqueles que ficaram descontentes, mais nos resta dizer obrigado deus por nós da saúde e coragem de enfrentar” finaliza Giovani Nunes.