Vinte e um de novembro é o Dia Internacional da Maçã lançado no Reino Unido, em 1990. E, no início de 2019, no Brasil, foi publicada a Lei 13.790, que conferiu à cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, o título de Capital Nacional da Maçã. Segundo especialistas, a fruta tem uma substância chamada “pectina”, que ajuda no controle de duas coisas que em excesso no sangue fazem mal: a glicose e o colesterol.

Também é fonte de vitamina A, vitamina C, cálcio, ferro, potássio, fósforo, sódio, magnésio e enxofre. E é boa para o pulmão, para o estômago e para o intestino!