[dropcap]A[/dropcap]conteceu na noite de quinta-feira (11), na localidade de Santa Isabel, no CTG Mangueira Velha, a abertura do 51º Rodeio tradicionalista, que é um dos mais tradicionais do sul do Brasil.

Como de praxe, várias autoridades visitaram a festa, para saborear o tradicional churrasco de carne de ovelha e o carreteiro, símbolo da festa de Santa Isabel. Esse ano contou com 30 animais para servir o público e 250 quilos de carreteiro, servidos nos caldeirões e feitos pela organização do evento.

A chuva não intimidou o público e as autoridades que compareceram no Parque Nenzo Sá. A expectativa dos organizadores é que o evento deve reunir cerca de 30 mil pessoas durante os quatro dias de festa.

Shows, bailes, festival de música e laçadas são as atrações principais até o dia 14 de janeiro, no evento. Artistas como Jones Andrei Vieira, Ivonir Machado, Grupo Candieiro, Grupo Chimango, entre outros fazem parte da programação.

Projeto asfáltico foi apresentado no evento

Durante a abertura do rodeio,  os responsáveis pelo projeto apresentaram ao público como poderá ficar a obra depois de pronta. O projeto para o asfaltamento da estrada  já está concluído, onde vai conta com a construção de  duas pontes e todo o trecho de aproximadamente 7 km até a localidade, além da travessia urbana e outras melhorias. Agora, com o projeto finalizado, começa outra parte do projeto, que é a captação de recursos para iniciar as obras.

Estrutura

Em torno de duas mil pessoas permanecem acampadas no local durante os quatro dias de programação e contam com a estrutura de mais de 70 chuveiros. “Temos uma equipe de limpeza de 24 horas para os banheiros e isso atrai as pessoas para acampar. Quem quiser pode comprar o churrasco vendido lá e almoçar na cancha”, afirma uma das coordenadoras do evento, Bia Melo.

Ingressos

Para quem não tem a carteirinha do Movimento Tradicionalista Gaúcha (MTG), o valor do ingresso é R$ 10 para os quatro dias de festa. Caso a pessoa saia e queira voltar, precisa pagar novamente. Quem tem a carteirinha tem acesso livre e gratuito.

Apoio ao site On Jack:

Fotos: Hueliton Mendonça