Câmara de Vereadores de São Joaquim, na sessão de segunda-feira (25) colocou para discussão e votação o parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (Processo @PCP 19/00668731), que se recomendava à aprovação das contas do prefeito de São Joaquim, no exercício ao ano de 2018.

Após passar pelo Tribunal de Contas, a câmara de Vereadores da cidade que tem que votar a favor ou contra as contas relativas a 2018. A documentação foi enviada à Câmara de vereadores de São Joaquim, que aprovou por unanimidade com o parecer favorável do Tribunal de contas.

As contas relativas a 2019 só serão votadas no próximo ano de acordo com o trâmite do Tribunal de Contas.

De acordo com o parecer do Tribunal de Contas, na análise da gestão patrimonial e financeira, o confronto entre o ativo financeiro e o passivo financeiro do exercício encerrado resultou em superávit financeiro de R$ 15.526.685,05.

E que foi cumprido todos os limites de aplicação de recursos na educação e saúde, bem como os limites de despesas com pessoal nas disposições constitucionais e legais conforme consta na tabela a seguir: