Segundo dados divulgados pela Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) nesta quarta-feira (22), o Estado já registra 240 casos confirmados de Covid-19 entre policiais. Destes, 172 já são considerados recuperados.

A maior incidência de casos são na 1ª Região de Polícia Militar (1ª RPM), localizada no centro de Florianópolis, nas polícias especializadas, seguidas da 6ª RPM, em Criciúma, e na 5ª RPM, em Joinville.

Já entre os bombeiros, são 107 casos confirmados, sendo que 71 estão recuperados. O número de confirmações entre policiais e bombeiros (347) dobrou em relação ao divulgado 15 dias atrás, quando Santa Catarina tinha 171 casos entre os praças.

Preocupada com o avanço da Covid-19 entre os militares, a diretoria da Associação dos Praças de SC (Aprasc) começou a realizar vistorias nos batalhões de Santa Catarina. O objetivo é verificar a situação dos batalhões quanto a questão dos equipamentos de proteção, escalas, além de um atendimento jurídico oferecido pela entidade aos associados.

Na última terça-feira (21), a Aprasc anunciou o fechamento da sua sede por uma semana para dedetização devido à confirmação de um caso de Covid-19.