Unifique

[dropcap]O [/dropcap]nervo ciático (ou isquiático) é o maior nervo do corpo humano. Começa na coluna lombar e vai até o pé. Assim, as dores que são mais comuns na coluna, podem afetar qualquer região que é percorrida pelo nervo (quadril, coxa, joelho, perna). Geralmente a dor acontece entre 40 e 60 anos, ocorrendo raramente antes dos 30.

A dor é resultado de uma compressão, inflamação ou irritação de uma raiz nervosa. A maioria dos casos é causada pelo excesso de exercícios ou por postura e esforço inadequados. Caracteristicamente é uma dor persistente, com intensidade variável, pode ser acompanhada de dormência, formigamentos, sensação de agulhadas ou queimação com fraqueza muscular.

Alguns sintomas como dificuldade para urinar, fraqueza, dificuldade para caminhar, febre, dor lombar que irradia para virilha ou que faz o paciente acordar a noite, sugerem outra causa para a dor e necessitam de um atendimento mais urgente.

O diagnóstico da dor ciática pode ser feito baseado na história e no exame físico. O teste durante o exame físico que busca mostrar alguma alteração do nervo ciático, é feito com o paciente deitado de barriga para cima, assim o médico pode levantar a perna do paciente da maca sem dobrar o joelho, se houver dor ou sensação de formigamento, o teste indica provável compressão ciática.

O tratamento envolve uso de anti-inflamatórios, relaxantes musculares, exercícios de alongamento e fortalecimento muscular. Massagem e calor local podem ser benéficos.

O repouso ou ficar muito tempo na mesma posição pioram a dor e por isso os exercícios de alongamento e fortalecimento muscular são importantes para o controle e tratamento da dor.

Alguns exercícios e formas de alongamentos são mais simples e você poderá realizar em casa, após avaliação e orientação de um médico ou fisioterapeuta.