Entre 02 e 22 de agosto de 2019, a Epagri através das Unidades Estação Experimental de São Joaquim, Gerencia Regional de Extensão Rural e Escritórios Municipais da Epagri de Bom Jardim da Serra, São Joaquim e Urubici promoveram em parceria com a Associação de Produtores de Maçã e Pera – AMAP e Secretarias Municipais de Agricultura ciclos de atualização técnica sobre a cultura da macieira visando a safra 2019/2020.

Além destes eventos acima citados promovidos pela Epagri e AMAP, no município de Urupema os pesquisadores da Estação Experimental de São Joaquim, levaram informações importantes para o novo ciclo da macieira durante o VII Seminário da Agricultura e Pecuária, promovido pela Prefeitura Municipal de Urupema, Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, EPAGRI, IFSC- Câmpus Urupema.

Aproximadamente 250 fruticultores participaram destas ações e, quem participou teve a oportunidade de receber informações, questionar e trocar experiências em manejo e controle de pragas e doenças; utilização dos dados das estações meteorológicas automatizadas para controle das doenças; manejo de colmeias para polinização; manejo e controle de plantas invasoras; renovação de pomares; principais fungos associados a podridões carpelares; quebra de dormência; podridões e pré e pós colheita; nutrição e distúrbios fisiológicos na macieira; uso de reguladores de crescimento na cultura da macieira; cultura da goiabeira serrana e cancro europeu das pomáceas.

Foram patrocinadores destes eventos nos municípios de São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Urubici e Urupema a CRESOL, Agropecuária SCHIO Ltda., AGROS, Sul Telas, Rádio Difusora de São Joaquim.

“Estão sendo muito importantes essas ações em parceria com a Epagri, todas a palestras foram feitas em uma linguagem simples, de fácil entendimento do produtor. Os temas abordados foram de extrema importância para o conhecimento dos fruticultores” – comenta Diego Nesi Ribeiro – Diretor Administrativo.

Visando aproximação e fortalecimento de parceria entre a AMAP e a Epagri, está sendo realizado um Plano Estratégico Participativo, onde os fruticultores associados a AMAP e sua Diretoria expõem suas experiências, seus anseios e sua visão, para que através da metodologia participativa seja construído um plano de trabalho que servirá para nortear as ações da diretoria atual e futuras diretorias, pois o horizonte do plano de trabalho visa sistematizar questões estratégicas para 10 anos.

“A Epagri tem colaborado muito para o Planejamento Estratégico da AMAP, pois o mesmo irá alavancar ainda mais a Associação e fortalecer os laços entre os produtores, para que o associado se sinta representado. Também viemos salientar a ótima relação e parceria que já temos com a Epagri e, que dessa parceria já está se colhendo ótimos frutos do trabalho em conjunto” – Comenta Dioni Nunes Pereira – Presidente da AMAP.