A almejada atitude de governos para a execução de um projeto que possa finalmente se ter uma ponte digna, sobre o Rio Pelotas, entre as serras do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, ainda aguarda o destrave burocrático nos ditos órgãos competentes.

Nada se tem dos gestores dos dois estados. Sequer uma declaração deles, e que pudesse ao menos mostrar que estão interessados em por fim a tanto tempo de espera. Nenhuma forma de pressão de parte deles é dada. É como se esta região não pertencesse aos seus estados.

Enquanto isso, depois de muito danificada pelas últimas chuvas, o que se pode chamar de Ponte das Goiabeiras, mais uma vez teve o socorro da comunidade, pois, nenhum governo coloca sequer um prego para o conserto.

O pessoal da madeireira MS Madeireira, de Bom Retiro (SC) foi quem fez os reparos nesta semana, e deixou a ponte em condições de trafegabilidade, dentro das possibilidades conhecidas.

Assim, moradores dos dois estados que precisam fazer o trajeto e a travessia já podem fazê-lo, seguindo todos os cuidados que a passagem sobre o rio, requer.

Senador se coloca à disposição

O senador gaúcho Luis Carlos Heinze também tomou conhecimento da situação da Ponte das Goiabeiras, e informou que, através de seu gabinete, está à disposição. Muito bem. Só agir caro senador.

Pois então, se não for pedir muito, que esta vergonha nacional seja mostrada a todos os seus pares no Senado. Para que vejam o que acontece no Sul do Brasil, onde comunidades catarinenses e gaúchas, vivem por muitos anos em meio este sofrimento e os perigos das travessias. Sem falar dos turistas desavisados que se deparam com o mesmo problema.  Algo que não se explica; uma tamanha a aberração propiciada pelo descaso, exatamente de quem tem o poder de decisão.

Fotos: divulgação – Fonte BLOG DO PAULO CHAGAS