Em 2021, as atividades da tradicional Vindima de Altitude da Serra Catarinense, evento realizado todos os anos no mês de março em comemoração a colheita da uva, ficarão restritas as próprias vinícolas. Os produtores aguardam uma safra histórica da fruta, tanto em quantidade como em qualidade.

A Serra Catarinense é um dos principais destinos turísticos do interior do estado, e as vinícolas fazem parte do roteiro dos visitantes. Para garantir a saúde e o bem estar de quem participa da festa, este ano, devido as incertezas da Covid-19, e com foco em não promover aglomeração a Associação Vinhos de Altitude Produtores & Associados, optou por não realizar o festival.

 

O presidente da entidade, Humberto Conti, lamenta não poder realizar uma grande festa para, assim como nos outros anos, comemorar a colheita da uva. “Este ano tivemos o ciclo de produção da fruta quase perfeito. Há grande expectativa de uma safra histórica em termos de produção e qualidade, um forte motivo para celebrarmos. Mas, neste momento, mesmo com o anúncio da vacina, precisamos agir com responsabilidade”.

Ele adianta, que as vinícolas estão se organizando de forma individual para receber os visitantes, obedecendo todas as recomendações sanitárias, de forma a garantir o bem estar de todos. “Esperamos em 2022 poder realizar uma Vindima ainda mais especial”.